Guia básico de um bom piloto de moto

As motocicletas, assim como qualquer meio de transporte, exigem cuidados redobrados de seu condutor. Atente em algumas delas!

Há quem diga que as motocicletas são mais fáceis de dirigir do que os carros, mas também, há quem diga o contrário dessa afirmação. O fato é que cada veículo possui uma maneira de conduzir. Porém, devemos concordar que apesar de mais econômica, prática e rápida, as motocicletas perdem e muito no quesito de segurança, por isso ter uma atenção redobrada enquanto permanece no trânsito ajuda a evitar acidentes que coloquem sua vida em risco.

Pilotar consciente

Por ano, milhares de pessoas morrem por acidentes envolvendo motocicletas e, em muitos deles, a culpa nem sempre é do motociclista, mas sim, da imprudência do outro condutor que por descuido não prestou atenção no que estava atrás ou ao seu lado.

Acidente entre carro e motro

Manter uma pilotagem defensiva é o único seguro que os condutores, de ambos os veículos, têm de não sofrer acidentes no trânsito. Se você é um novato e tem dúvidas sobre o que fazer no meio do fluxo de veículos da cidade ou em uma rodovia, atente às informações a seguir.

Ultrapassagens

As ultrapassagens podem ser muito perigosas se feitas incorretamente. Tenha sempre em mente: na cidade, só ultrapasse quando o motorista te der uma abertura; dê seta para os que estão atrás saibam que você irá ultrapassar; evite os pontos cegos dos motoristas (deixarei como imagem); não ultrapasse pela direita; não force uma ultrapassagem; tome cuidado com motoristas desatentos; buzine levemente caso esteja inseguro.

Pontos cegos de um carro

Nas estradas, só ultrapasse em faixa pontilhada da sua mão; dê seta e veja pelo retrovisor se não vem mais ninguém; não entre muito próximo a quem ultrapassou, por isso aumente ou mantenha a velocidade; permaneça sempre com as lanternas ligadas (isso vale para a cidade); por hipótese alguma ultrapasse pelo acostamento.

Ultrapassar na pista

Paradas e estacionamento

Sempre que for necessário parar, desacelere, dê seta e veja o que vem atrás. Segundo as regras do CTB, as motocicletas devem ser estacionadas em 90°, no meio fio da guia. Geralmente, as vagas para motos ficam demarcadas no chão, por isso cuidado onde você pára, pois pode gerar multa.

Como estacionar moto

Capacete

O capacete é algo que pode gerar uma multa violenta, pois ele é o único item de segurança das motocicletas e, por isso, deve ser seguido à risca das normas do CTB. Entre os itens que devem ser notados com frequências são: viseiras abaixadas enquanto no trânsito, feixo sempre preso, faixas refletoras e o selo do INMETRO.

Capacete

Conservação do veículo

Trafegar com a motocicleta em péssimo estado de conservação também gera multa. Além do valor em dinheiro, o condutor perde 5 pontos na CNH. Por isso, fique atento em alguns itens e evite prejuízos futuros.

Óleo – Troque o óleo dentro do tempo e da quilometragem estipulada pela fabricante; não se esqueça do filtro que deve ser trocado de tempos em tempos.
Pneu – Verifique sempre as linhas de segurança dos pneus, pois pode gerar acidentes; Mantenha sempre os pneus calibrados.
Kit relação – Deve ser trocado sempre que não tiver mais regulagem; a corrente deve estar sempre esticada e lubrificada. Dica -> Evite areia, pois o mesmo encurtar a vida útil da coroa e do pinhão.

Conservar moto
Freios – Fique sempre atento às pastilhas, se notar algo diferente peça a revisão e a troca das mesmas.
Faróis e lanternas – Se alguma das setas apresentar falhas, peça a troca imediatamente; Da mesma forma deve ser feita com os faróis.
Dirigir consciente é dirigir para os outros também, por isso respeite as normas do trânsito e ajude a preservar a sua vida e o bom convívio no trânsito.

Quer saber mais sobre como pilotar corretamente na cidade? Então, assista ao vídeo que segue abaixo e reforce a sua segurança.

Veja mais sobre motos

09/01/15 por Luis Carlos

   



Mais informações por email

Comentar