Suzuki Boulevard M800 2014

O estilo clássico da custom Boulevard M800 se mantém na versão 2014, trazendo bastante conforto, robustez e facilidade de pilotagem.


Boulevard M800

Há várias décadas a fabricante de automóveis e motocicletas Suzuki se mantém como uma das líderes no ramo. Com o início da produção da linha de modelos Boulevard M800, a Suzuki continua em destaque no mercado, tanto em que em 2006, no início de sua produção, o modelo foi eleito a Moto do Ano por uma revista bastante influente, se mantendo com as características de qualidade e conforto que a Suzuki oferece.

         

Agora na versão 2014, a M800 se mostra a custom de maior sucesso do mundo na categoria Boulevard. Também conhecida pelo nome M50, devido ao motor de 50 cilindradas, ela permanece como uma das melhores opções de motocicletas no mercado, oferecendo um estilo clássico e esportivo e fácil pilotagem, além de conforto, bastante potência e uma boa performance.

Especificações da Suzuki Boulevard M800 2014

A Boulevard M800 traz um motor SOHC em “V” de 4 tempos com 8 válvulas e 2 cilindros em linha com potência de até 54 cv a 6.000 rpm e torque máximo de 7 kgfm a 4.000 rpm, freios dianteiros e traseiros em disco, além de um tanque de combustível com capacidade para até 16 litros.

A Boulevard M800 modelo 2014 pode atingir até 190 km/h, chegando a 145 km/h mesmo em grandes subidas. Os pneus, grandes e largos, possibilitam fazer boas manobras, já que o guidão se mantém numa altura maior e numa posição ainda mais confortável para o piloto.

O sistema de refrigeração líquida permite ainda um sistema de partida elétrica, fornecendo um melhor desempenho de aceleração e uma maior redução nas emissões de poluentes, garantindo também certa economia de combustível. O velocímetro, posicionado ao centro do guidão, além das lâmpadas de indicação posicionadas sobre o tanque, somados ao bom desempenho do motor e aos demais aspectos, conferem ao modelo um bom design, com conforto, segurança e robustez que tanto são característicos das motos da Suzuki.

Painel da Boulevard M800

Consumo da Suzuki Boulevard M800 2014

Apesar de atingir índices de velocidade máxima agradáveis, a Boulevard M800, equipada com até 269 kg, possui um ponto negativo bastante considerável para muitos motociclistas: o consumo.

O consumo chega a ser um pouco elevado, saindo em média de 15 km/l, semelhante ao de outros modelos da categoria, podendo sofrer variação dependendo da velocidade mantida pelo piloto em dada distância percorrida.

No entanto, as características de maciez no câmbio, motor sem excesso de barulho, conforto e robustez, somados aos demais aspectos, permitem que o modelo continue como um dos mais procurados no mercado.

Boulevard M800 preta

Preço da Suzuki Boulevard M800 2014

O modelo Boulevard M800 tem se posicionado como uma boa opção para quem pretende adquirir uma motocicleta, e mesmo com um peso de quase 270 kg confere um motor potente e uma velocidade máxima bem prodigiosa. Desde seu lançamento, passou por diversas opções, sempre trazendo algumas mudanças para melhorar ainda mais seus aspectos.

A Boulevard M800 na versão 2014 está saindo por um preço sugerido de R$ 31.900, superior ao de vários modelos tidos como concorrentes de peso no mercado, como por exemplo, a Honda Shadow 750, que sai pelo preço base de R$ 29.890.

Boulevard M800 azul

Apesar disso, a Boulevard M800 apresenta aspectos que justificam seu preço um pouco mais elevado, devido à qualidade de suas peças, de seu design e ao seu conforto, com isso, vale a pena pensar bem antes de adquirir outro modelo apenas por ter um preço menor.

Confira mais sobre a Suzuki Boulevard M800 no vídeo abaixo:

Suzuki Boulevard M800 - MOTO.com.br

Veja mais sobre Boulevard M800 da Suzuki

0 voto



Andre
22/10/13


Mais informações por email.

Deixe uma resposta

Para comentar você precisa realizar seu login com o Facebook
  1. Tenho uma M800 2011 com 22000km rodados e com problemas que jamais vi em motocicleta com esta quilometragem, nao aconselho esta a ninguem sem contar que o atendimento na revenda, so e bom na aquisicao, depois vc tem que implorar para ser atendido. Sou motociclista desde a decada de 80 e ja rodei com as 4 principais marcas conhecidas no pais,

    jose antonio victalino
    08/02/14 às 22:45

X
Curta a página